Informação ao Investidor

DMIF II

Enquadramento

O principal instrumento europeu de regulação dos mercados de instrumentos financeiros foi revisto pelo Parlamento Europeu e Conselho da União Europeia a 12 de junho de 2014 (Diretiva 2014/65/EU - DMIF II), juntamente com um conjunto de regulamentos anexos. 

Os objetivos primordiais desta revisão são: a proteção dos investidores, a mitigação dos conflitos de interesse e o aumento da transparência e da qualidade do funcionamento do mercado financeiro e dos serviços de investimento.

Para melhor entender esta regulamentação, o EuroBic apresenta-lhe, de seguida, as matérias de maior relevância.

Categorização de Clientes

O EuroBic categoriza o Cliente de acordo com a seguinte classificação: Não Profissional, Profissional e Contraparte Elegível.

Esta classificação tem implicações no nível de proteção dada ao Cliente. O grau de proteção será tanto maior quanto menor se estima que sejam os conhecimentos e experiência do Cliente relativamente aos mercados e instrumentos financeiros.

O EuroBic atribui ao Cliente, com caráter geral para os instrumentos financeiros e serviços de investimento que contrate com o Banco a categoria de “Não Profissional”, o que lhe confere o maior nível de proteção, materializando-se em:

1. Maior nível de detalhe de informação sobre produtos e serviços; e

2. Avaliação da adequação do produto ou serviço com a classificação do Cliente, (designadamente quanto aos seus conhecimentos, experiência e, outras características), nos produtos em que tal seja aplicável.

O Cliente pode solicitar a alteração da sua classificação em qualquer momento da sua relação com o EuroBic, que analisará o mesmo e informará da aceitação (ou não) do mesmo.

Queremos conhecê-lo

O EuroBic solicita ao Cliente e potenciais Clientes, o preenchimento de um Questionário de Conhecimentos e Experiência que permite ao Banco conhecê-lo e, desta forma, adequar a sua oferta de produtos e serviços, sempre com o princípio norteador da proteção do Cliente.

Política de Execução de Ordens nas Melhores Condições

A Política de Execução de Ordens nas Melhores Condições foi revista por forma a clarificar os critérios da execução nas melhores condições bem como para incluir novos deveres de informação ao Cliente.

Política de Conflito de Interesses relativa à Prestação de Serviços de Intermediação Financeira

Política de Benefícios Pagos ou Recebidos de Terceiros (Inducements)

Informação sobre o Intermediário Financeiro, Serviços Prestados e Riscos

LEI (Legal Entity Identifier)

A partir de 3 de janeiro de 2018, todas as entidades jurídicas (v.g. pessoas coletivas) nas transações relativas a instrumentos financeiros terão de ser identificadas através de um código designado por “Legal Entity Identifier” (LEI).

Para saber onde e como pedir o seu código LEI, entre outras informações, clique em Código LEI.

Operações Cambiais a Prazo

O Regulamento (UE) nº 1286/2014 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 26 de novembro, sobre os documentos de informação fundamental para pacotes de investimento de retalho e produtos de investimento com base em seguro, estabelece regras quanto ao formato e conteúdo do Documento de Informação Fundamental (DIF), a disponibilizar pelas Instituições de Crédito. O DIF introduz uma orientação comum para a apresentação da informação relevante aos investidores não profissionais, que lhes permite tomar decisões de investimento fundamentadas.

Clique em DIF para aceder a estes documentos que o EuroBic disponibiliza aos Clientes que pretendam negociar e contratar Operações Cambiais a Prazo.